Conferência «Os mares épicos de Camões» / Professor da Universidade de Harvard na Casa-Memória de Camões em Constância

ImprimirJGLOBAL_MAIL
Cultura
Data: 2019-10-19 16:00

Local: Auditório da Casa-Memória de Camões em Constância

A Casa-Memória de Camões em Constância tem a honra de poder proporcionar, na tarde de 19 de outubro (sábado), uma conferência sobre Camões pelo Prof. Josiah Blackmore da Universidade de Harvard.

O Prof. Blackmore virá propositadamente da sua Universidade nos Estados Unidos da América a Portugal e a Constância para esta conferência intitulada «Os mares épicos de Camões».

Josiah Blackmore é Catedrático Nancy Clark Smith of the Language and Literature of Portugal na Universidade de Harvard, com especialização na literatura portuguesa medieval e renascentista. Durante 22 anos, foi professor titular da literatura portuguesa na Universidade de Toronto. Entre as suas publicações, contam-se livros sobre a literatura portuguesa dos naufrágios («Manifest Perdition», 2002), a empresa portuguesa em África nos séculos XV e XVI («Moorings», 2009) e uma edição das traduções para o inglês de Fernando Pessoa das Canções de António Botto (2010). Os seus artigos apresentam análises da poesia galego-portuguesa medieval, as crónicas de Gomes Eanes de Zurara, os viajantes portugueses na história cultural do mar nos séculos XVI e XVII e a ficção de Eça de Queiroz.

Na sua conferência na Casa-Memória de Camões, o Prof. Blackmore apresentará ideias sobre «Os Lusíadas» como uma epopeia do mar, da navegação e das viagens marítimas. Em anos recentes, os estudiosos têm-se debruçado sobre questões do imperialismo e da crítica camoniana da empresa marítima portuguesa no célebre poema, sobre questões do globalismo e das conceções de um mundo cada vez mais científico e cartográfico no século XVI português.

Contudo, com umas breves exceções, os leitores de Camões ainda não se têm dedicado ao estudo da imaginação camoniana como uma imaginação de cariz marítimo no sentido de o mar fornecer toda uma série de hipóteses metafóricas, simbólicas e empíricas utilizadas pelo poeta em criar a narrativa histórico-mitológica da viagem de Vasco da Gama.

É, portanto, objetivo da conferência estudar o mundo marítimo e a viagem marítima como aspeto fundamental da criação poética camoniana, sobretudo, mas não exclusivamente, na elaboração do poema épico. Estudar-se-ão as relações entre a navegação e a narrativa épica, entre os navios e o decorrer da história, entre a saudade camoniana, o exílio e os mundos de água em alguns dos poemas líricos e o lugar do mar e da navegação na cultura científica do mundo em que viveu Camões.

Horário: 16h00
Público-alvo: público em geral.
Evento livre, não pago.
Casa-Memória de Camões, Constância

 

 


Informação adicional

Evento livre sem inscrição obrigatória, destinado ao público em geral.

 



 

AGENDA

novembro 2019
Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
6
7
8
9
13
14
15
18
25
26
27
28
30

NOTÍCIAS

facebook2twitter orange peqicon instagram-01 - Cópiarss orange - Cópiarss orange - Cópia

Esta página requer cookies para o seu bom funcionamento. Para mais informações consulte a politica de cookies. Politica de cookies .

Aceitar utilização de cookies
Politica de cookies